Representantes do BNDES visitam núcleos do Integrar em Mauá e Santos

O gerente do Departamento de Indústria Química, Vinícius Samu Fiqueredo, e o engenheiro do mesmo departamento no BNDES, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, , Eduardo Delmonte, acompanhados pelo analista financeiro do Grupo Ultra, Thiago Sokolowskas Oliveira, e do presidente da Associação Nacional de Esportes (ANE), Marcelo Camargo, visitaram dois núcleos do projeto Integrar Arte e Vida nas cidades de Mauá e Santos. As diretoras das escolas recepcionaram a comissão de representantes.

Considerado como referência na gestão de ações sociais, o Integrar recebeu no final de 2016 um certificado como finalista do Prêmio UNESCO/Hamdan, que apoia iniciativas que promovem a educação ao redor do mundo.

As visitas ocorreram no último dia 16 de maio, terça-feira, nos períodos da manhã e da tarde, onde puderam presenciar as oficinas gratuitas oferecidas pela inciativa social, patrocinadas pelas empresas Oxiteno, no ABCDM, e Ultracargo, no município Baixada Santista. A destinação de recursos provém da política de contrapartidas sociais promovidas pelo banco estatal de fomento à atividade econômica.

Na Escola Cora Coralina, na cidade de Mauá, com patrocínio da Oxiteno, o projeto atende 298 crianças nas atividades de dança, futsal e judô. Durante a visita matutina, o gerente de Recursos Humanos da Oxiteno, Carlos Edilson Leopoldo, e Patricia Antunes, também do RH da empresa, conheceram os alunos participantes do projeto. Patrícia manifestou a sua aprovação: “ Nós acreditamos na transformação das pessoas por meio da educação. O projeto Integrar Arte e Vida está dentro das diretrizes do BNDES e ficamos contentes com esse resultado positivo.”, concluiu .

Já o gerente de RH enfatizou a política da empresa no desenvolvimento social e garantiu a continuidade do projeto:” Vamos renovar o convênio através da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte. Nossa preocupação com a sociedade nos faz apoiar projetos que gerem essa transformação social através do esporte e cultura”, avaliou Leopoldo.

No período da tarde, na escola municipal Osvaldo Justo, em Santos, o atendimento é para 230 crianças nas atividades de música, judô, dança e futebol.
Os núcleos de Santos e Mauá do Integrar Arte e Vida são patrocinados respectivamente pelas empresas Ultracargo e Oxiteno com destinação de recursos do BNDES. O gerenciamento é da Associação Nacional de Esportes (ANE) em parceria com as secretarias de Educação dos municípios atendidos.