Crianças de Mauá são beneficiadas pelo Projeto Social Integrar Arte e Vida

O Projeto Social Integrar Arte e Vida, na cidade de Mauá, Região Metropolitana de São Paulo, iniciou suas atividades em 2021, e tem feito a diferença na vida de 150 alunos da Escola Estadual Sada Umeizawa. No local são oferecidas aulas de judô, dança e esportes, sem nenhum custo para os alunos e escola.
Kaline Araújo é mãe da Vanessa, que tem 12 anos e faz aulas de balé. “Esse Projeto veio no momento e hora certa. Minha filha sempre gostou de dança, chegou a começar a fazer aulas, mas não tínhamos condições de pagar e precisou sair. Está sendo maravilhoso, ela aprendeu várias coisas, sei que isso pode trazer um bom futuro para ela. Sou grata pelas aulas e pela dedicação da professora”.
Já Edivânia Costa, avó do Victor Eduardo Costa, 13 anos, destaca a importância das atividades. “Ele faz aulas de judô e isso tem ajudado muito, ele fica muito só dentro de casa e no bairro não temos muitas opções, agora ele tem algo que possa praticar”. Victor não esconde a empolgação. “Agora não fico só no celular, gosto do sensei que dá aulas ótimas, quero muito que esse Projeto continue”.
Além das aulas do Projeto, são realizadas ações em parceira com a Escola. Na semana da criança, em outubro, os alunos participaram de um festival, onde tiveram a oportunidade de mostrar para os familiares e comunidade o que tem aprendido nas modalidades que praticam. Além disso tiveram muita diversão com brinquedos de parque e um carrinho de algodão doce.
Para a diretora da Escola, Regiane de Jesus Ferreira, a parceria é extremamente positiva. “As atividades esportivas são fundamentais para todas as crianças e adolescentes, sabemos que a grande maioria dos alunos de escolas públicas não tem acesso a isso, já com esse Projeto é possível oferecer essa oportunidade para essas crianças”.
Criado em 2007, o projeto tem atividades em oito núcleos, além de Mauá, estão distribuídos nas cidades de Santos, Cubatão e Guarujá, na Baixada Santista. São oferecidas oficinas artísticas e culturais de forma gratuita, atendendo cerca de 3 mil alunos de escolas municipais conveniadas. As atividades são no contra turno escolar, estabelecendo um modelo similar ao da escola em tempo integral sem ônus para as prefeituras. A entidade fornece todo o material.
O projeto Integrar Arte e Vida é gerenciado pela Associação Nacional de Esportes (ANE), o patrocínio em Mauá é das empresas Sabesp e Oxiteno, indústria química líder na produção de tensoativos e especialidades químicas nas Américas. Os recursos que mantém a iniciativa são provenientes da Lei Federal do Incentivo ao Esporte, através do Ministério da Cidadania e Secretaria Especial do Esporte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *