Integrar Arte e Vida em Peruíbe reúne pais e alunos

Os alunos do projeto Integrar Arte e Vida na EMEF Professora Adriana Aparecida dos Santos, em Peruíbe, tiveram a oportunidade de mostrar para seus familiares, o que aprenderam nas atividades durante o ano. No dia 29 de novembro foi realizada a certificação com a troca de faixas da turma do judô, o exame ocorreu na semana anterior. Antes foram feitas apresentações dos alunos do futsal, do professor Leandro Ajamil Campos Fernandes e do ballet, da professora Janyne Valladares Bauer.

Janaína da Silva Santos, destacou a importância das atividades para seus filhos Saul e Eloah. “Sou muito grata, notei muita diferença na minha casa em termos de comportamento. Como mãe fico até sem palavras para falar o quanto foi bom. Crianças gostam muito de celular, na minha casa isso mudou, até pelo fato de gastarem muita energia. A professora tem representado muito na vida dos meus filhos, isso contribui para o futuro deles.

Sônia de Oliveira Amorim, comemorou entrada do judô na vida do filho Tchello Leonardo. “Ele melhorou, era um menino deprimido, chorava à toa, depois que passou a fazer essas aulas mudou até nas outras atividades escolares. Antes eu precisava ir na escola várias vezes durante as aulas, o comportamento do meu filho foi transformado. Agradeço a Deus por dar essa oportunidade às nossas crianças e a todos que fazem parte desse Projeto.

A professora Liara Quadros fala sobre seu trabalho. “É um privilégio e uma honra poder acolher as crianças, passar confiança e proporcionar autonomia de escolha, ensinar a ter disciplina para a vida, ter prioridades e responsabilidade. O judô por ter uma filosofia bem rigorosa no sentido de disciplina, mostra o caminho de ter uma vida digna, caráter e ser uma pessoa disciplinada naquilo que quer e busca. Os relatos das mães do quanto as crianças mudam para melhor, mostra que estamos no caminho certo”.

Parceria

O diretor escola, Leandro dos Reis Oliveira, destacou a importância do Projeto. “Tem vários aspectos positivos, mas o principal é a aproximação da escola com as famílias, que considero de grande importância, aliás um dos fatores que me fez ser diretor. Aqui ocorre a utilização dos espaços de forma organizada, além da interação dos professores que tem compromisso com os alunos e responsáveis. Só temos o que agradecer”.

O projeto Integrar Arte e Vida é gerenciado pela Associação Nacional de Esportes (ANE), o patrocínio em Peruíbe é das empresas Sabesp e Oxiteno, indústria química líder na produção de tensoativos e especialidades químicas nas Américas. Os recursos que mantém a iniciativa são provenientes da Lei Federal do Incentivo ao Esporte do Ministério da Cidadania através da Secretaria Especial do Esporte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *